A testagem para o coronavírus dá mais segurança ao ambiente de trabalho, mas é preciso utilizar os exames corretos.  

A Covid-19 afetou drasticamente nossa forma de viver e, desde então, a busca por testes diagnósticos e vacinas tem sido o principal foco no mundo todo. Porém, a grande questão é saber se estamos escolhendo corretamente os exames a serem feitos em nós e nos nossos colaboradores.

Isso porque o mercado vem sendo inundado por testes de coronavírus com metodologias alternativas e sujeita a falhas que não são tão confiáveis e podem atrapalhar o diagnóstico, em especial quando é gerado um resultado “falso negativo”, levando os pacientes a negligenciar os cuidados, ter pioras no quadro e ainda transmitir o vírus a outros indivíduos, em casa ou no trabalho.

A testagem para o coronavírus nas empresas dá mais segurança ao ambiente de trabalho, mas é preciso utilizar exames corretos e recomendados pela OMS e a Anvisa.

No contexto das empresas, deve ser levado em conta também o aspecto jurídico da relação trabalhista.

É importante priorizar a segurança e saúde de todos. Se há dúvidas em relação a qual teste utilizar o ideal é se guiar pelas autoridades médicas e pela legislação.

Segundo a PORTARIA CONJUNTA Nº 20, DE 18 DE JUNHO DE 2020 e a Nota Orientada 40/2020, que estabelece as medidas a serem observadas visando à prevenção, controle e diminuição dos riscos de transmissão da COVID-19 nos ambientes de trabalho traz como pontos principais que:

– o período do afastamento dos contatantes de caso confirmado da Covid 19 deve ser contado a partir do ultimo dia de contato entre o contatante e o caso confirmado.

– os trabalhadores afastados considerados casos suspeitos poderão retornar às suas atividades laborai santes do período determinado de afastamento quando:

  1. exame laboratorial descartar a COVID-19, de acordo com as orientações do ministério da Saúde; e
  2. estiverem assintomáticos por mais de 24h.

Considerando que os testes para Covid são comprovadamente uma das ferramentas fundamentais para a contenção da pandemia do coronavírus, a estratégia de ampliação de testagem com a colaboração do setor privado é fundamental para diagnosticar os casos suspeitos rapidamente, reduzindo os dias de afastamento por suspeita nos casos negativos (e consequentemente redução dos custos diretos e indiretos dos afastamentos) e priorizando a atenção com aqueles pacientes realmente infectados pelos órgãos competentes.

Nosso objetivo é auxiliar as empresas que precisam desenvolver um plano de ação em relação ao COVID-19, oferecendo toda nossa expertise na aplicação e análise de exames para detecção do COVID-19 bem como de clínica médica especializada em medicina ocupacional.

Oferecemos exames COVID de qualidade, com coleta segura: In Company, à domicílio ou no laboratório. Cuidamos de todo o processo da testagem: coleta dos exames, análise e entrega do resultado.

Assim, os empregadores podem testar, de forma simples, segura e massiva, todos os casos de suspeita de COVID-19 de seus colaboradores (bem como seus familiares residentes no mesmo domicílio) num processo dinâmico e eficiente, reduzindo os custos por afastamento por Covid-19 e melhorando a segurança ao ambiente de trabalho.

Auxiliamos empresas a desenvolver um plano de ação em relação ao COVID-19 através da Testagem de Colaboradores. Entre em contato conosco e conheça nossas propostas: (43) 3256-1462 ou (43) 99837-2425.

Elaboramos esse conteúdo especial com orientações gerais para controle do COVID em ambientes corporativos, tendo como base as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

 

Orientação para as empresas:

Funcionários COVID Positivo ou Suspeito

Existem chances de que funcionários da empresa contraia a doença, devido aos possíveis pontos de contato com a doença ao longo do trajeto de casa ao trabalho, assim como o possível contágio dentro da própria empresa.

Diante dessa situação, caso o funcionário contraia a Covid-19 ou esteja com suspeitas, quais situações devem ser tomadas?

Identificar os funcionários com suspeitas de Covid-19 é o primeiro passo

Com os funcionários trabalhando no local físico da empresa, é necessário ter uma atenção redobrada em casos de inícios de sintomas, para evitar a disseminação da doença para outros colaboradores.

Dessa forma, é recomendado utilizar todos os meios de comunicação possível da empresa para informar que, caso o funcionário não esteja se sentindo bem, ou esteja com suspeita de Covid-19, se apresentar ou ao seu superior urgentemente, para que as medidas de prevenção possam ser tomadas.

É muito importante que haja uma cooperação e solidariedade entre a empresa e o funcionário, proporcionando toda a segurança entre ambas as partes.

 

Para casos suspeitos, é recomendado a realização de exames para diagnosticar o Covid-19

Uma das recomendações para casos suspeitos de Coronavírus (Covid-19) é a realização do exame para diagnosticar o funcionário que esteja com a doença, promovendo dessa maneira o seu devido isolamento e a aplicação das medidas preventivas na empresa.

É uma segurança tanto para a empresa quanto para o próprio funcionário.

Oferecemos exames para detecção do COVID-19 de qualidade, com coleta segura: In Company, à domicílio ou no laboratório, e clínica médica ocupacional completa com médicos especialistas que podem auxiliar o empresário num plano de ação em relação ao COVID-19 além de outros aspectos relacionados saúde ocupacional. Entre em contato conosco e conheça nossas propostas: 3256-1462 ou 99837-2425.

 

Formas de Prevenção do COVID-19 no ambiente de trabalho

Verifique se o seu local de trabalho estão limpos e higienizados

  • As superfícies como a mesa do trabalho e os seus objetos (telefone, teclado, mouse) precisam ser desinfetados regularmente, através de álcool em gel 70%, por exemplo.

Promova regularmente a lavagem completa das mãos por funcionários, contratados e clientes da empresa.

  • Coloque dispersores de álcool em gel em locais visíveis e fáceis para serem utilizados na empresa. Lembre-se de regularmente reabastecer os dispersores.
  • Coloque cartazes espalhados pela empresa promovendo a lavagem correta e completa das mãos. (Você pode adquirir e imprimir esses cartazes através do Portal Anvisa)
  • Certifique-se de que os funcionários, contratados e os clientes tenham fácil acesso a locais onde possam lavar as mãos com água e sabão.
  • Lembre-se de que a lavagem correta das mãos pode matar o vírus Sars-CoV-2, prevenindo de transmitir a COVID-19 pelas superfícies da empresa.

 

Promova uma boa higiene respiratória no ambiente de trabalho

  • Abre as janelas e deixe o ar circular pelo ambiente de trabalho. Caso esteja em dias de muito calor, recomenda-se o uso de ventiladores ao invés de ar-condicionados, pois é necessário manter o ambiente com fluxo de ar.
  • O uso de papéis descartáveis também é altamente recomendado nas empresas.

 

Informe seus colaboradores, contratados e clientes que qualquer pessoa que estiver com tosse leve ou com febre baixa (37.3cº ou mais) precisam ficar em casa. 

  • Continue promovendo avisos na sua empresa que é preciso ficar em casa mesmo que apresente sintomas leve da COVID-19
  • Deixe claro para os seus colaboradores que eles poderão contar esse tempo como licença médica, caso contraia a doença COVID-19
  • Coloque cartazes no ambiente de trabalho informando sobre os riscos que alguém com suspeita de COVID-19 pode trazer para a empresa, bem como a orientação de permanecerem em casa em casos leves.

Caso seja possível, recomende seu funcionário a realizar o trabalho remotamente (Home-Office)

A prática de trabalho remoto (Home-office) durante a pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19) se tornou bem comum, com diversas pessoas trabalhando de casa, permitindo que o funcionário realize as suas tarefas de forma segura.

 

EPIs contra o Covid-19 na empresa

Como o vírus tem uma alta taxa de contágio, é possível contrair a doença nas situações mais simples do cotidiano, como pela fala (que contêm gotículas de saliva) ou pelo contato com objetos ou superfícies contaminadas, em seguida de contato com a boca, olhos ou nariz, por exemplo, sendo apenas um dos exemplos.

Por essa razão, o uso equipamentos de proteção individual são um dos itens mais importantes para o combate do Covid-19, permitindo a proteção dos funcionários das empresas, assim como evitar o contágio de outros colaboradores em casos suspeitos.

 

Máscaras são importantes aliadas para a proteção do colaborador

O uso das máscaras de proteção é um dos itens mais comuns para proteção, dado que ela fornece uma barreira eficaz contra a doença.

Vale destacar que, de acordo com estudos que estão sendo realizados a respeito do Covid-19, foi constatado que, o vírus pode resistir por até 3 horas em forma de aerosol, ou seja, caso alguém esteja infectado e espirre em uma sala, é possível o vírus ficar espalhado pelo ar (gotículas de saliva) e infectar outra pessoa em quase 3 horas.

A Anvisa ainda destaca alguns outros pontos que devem ser levados em consideração, como:

  • Trocar após o período de 3 horas, e sempre que estiver úmido, com sujeira aparente, danificada ou dificuldade para respirar
  • Após retirar a máscara, lavar as mãos com água e sabão, ou com álcool em gel 70%
  • Não compartilhar a sua máscara, mesmo que ela esteja lavada

 

Uso de luvas também podem oferecer proteção, mas é necessário cuidado

A utilização de luvas descartáveis é outro meio complementar para a prevenção, dado que fornece uma camada de proteção ao tocar em superfícies que possam estar supostamente contaminadas, como maçanetas de portas, botões de elevadores, entre outras superfícies.

No entanto, é necessário evidenciar que, ao utilizar luvas, o portador não leve as mãos aos olhos, boca ou nariz, pois isso poderia fazer com que se contraia a doença acidentalmente.

Além disso, mesmo que seja utilizado as luvas, é necessário que haja a higiene posteriormente das mãos, com água e sabão, ou com álcool em gel 70%, pois apesar das luvas oferecerem uma proteção a mais, a retirada incorreta da luva pode contaminar as mãos.

Por fim, é altamente recomendado realizar o descarte das luvas em lugares apropriados, como lixos separados, em saco fechado no lixo não reciclável, e não em lixos comuns,

 

Dispersores de álcool em gel em lugares visíveis e de fácil acesso

Um dos itens fundamentais para evitar o contágio do Novo Coronavírus (Covid-19) é a utilização de dispersores de álcool em gel no local de trabalho, visto que é uma das maneiras mais eficazes para evitar a disseminação do vírus Sars-CoV-2 pelo ambiente de trabalho.

 

Outras formas de proteção

Há também algumas outras recomendações que ajudam a diminuir o contágio da doença Covid-19, como por exemplo, referente as roupas utilizadas.

Caso você utilize transporte público para se deslocar até o local de trabalho, saiba que as suas roupas também podem estar contaminadas pelas gotículas do vírus que se impregnam na roupas.

Dessa forma, ao chegar em casa, retire a roupa e deixe-a em um lugar separado para realizar a devida lavagem, evitando contaminar outras superfícies da sua casa, por exemplo.

Além disso, no ambiente de trabalho, realize o  afastamento das pessoas em cerca de 1,5m, mesmo utilizando os equipamentos de proteção individual (EPI’s)

Vale lembrar que é recomendado que os empregadores disponibilizem esses equipamentos de proteção individual (EPIs) para os funcionários trabalharem de forma segura, visando a segurança dos funcionários bem como a postura responsável da empresa para evitar a disseminação do Novo Coronavírus (Covid-19).

 

Conte com a nossa empresa para cuidar da saúde, segurança e bem-estar dos seus colaboradores.

Entre em contato conosco e conheça nossas propostas: 3256-1462 ou 99837-2425.

 

Fontes: Organização Pan-Americana de Saúde – OPAS/OMS – Revista Pequenas empresas, Grandes Negócios – Portal Metadados RH – Portal eSocial – Governo Federal

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *